quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO


Desejo a todos um Ano Novo cheio de realizações...
bjss

sábado, 18 de dezembro de 2010

Bem Legaus





Amo essa decoração

Cetella Asiática

Em que consiste a Celulite:

A Celulite é uma alteração do tecido subcutâneo, com um aumento de volume em zonas localizadas. O termo médico exacto é "Paniculopatia - edemofibroesclerótica" o que quer dizer um aumento da actividade do tecido adiposo, retenção de líquido intersticial, intoxicação e endurecimento do tecido conjuntivo.

Localizando-se fundamentalmente no tecido conjuntivo, as células gordas (adipócitos) deste tecido têm a particularidade de armazenar as gorduras ao invés de as queimarem consoante as necessidades energéticas.

Por sua vez, as células adiposas agrupam-se e comprimem os vasos sanguíneos, perturbando a circulação sanguínea e linfática, chegando mesmo a favorecer lipoedemas e edemas dérmicos; isto é, a pressão com os dedos produz marcas na pele, e em estágios mais avançados as fibras do colagénio formam uma rede de feixes inchados e com a presença de blocos amorfos; nesta fase, permitem a existência de nódulos e placas celulíticas com edema e dor.

Em consequência da deficiente irrigação sanguínea, a circulação de retorno torna-se cada vez mais difícil, o que obriga o organismo a fazer retenção de líquidos. Por outro lado também os distúrbios circulatórios podem ser causa do aparecimento da celulite, já que os vasos se dilatam e são eles que vão comprimir as células do tecido conjuntivo, tornando-se difícil o recebimento, por parte das células, de oxigénio e nutrientes e expulsão dos seus resíduos tóxicos excedentários.

Causas e factores que provocam celulite:

Na verdade, desconhece-se a verdadeira causa que origina a aparição da Celulite. Ao que se sabe, é a conjugação de vários factores que desencadeia o aparecimento deste problema: Endócrinos e Hormonais, Genéticos, Alimentares, Metabólicos, Psicológicos e Mecânicos.

Endócrinos e Hormonais: Sobretudo em momentos da vida da mulher, há a possibilidade de maior acumulação de celulite. Isto acontece, fundamentalmente, durante a puberdade, o período pós-parto, na menopausa e os dias que antecedem o período, pois aumenta a retenção de líquidos. As alterações hormonais são uma das causas, já que investigações recentes indicam que os tecidos têm uma especial sensibilidade à foliculina, uma hormona feminina produzida pelos ovários. É essa a razão pela qual os homens não sofrem deste problema.

Genéticos: A Celulite é hereditária.

Alimentares: Os alimentos podem afectar o aparecimento de celulite, tanto nas mulheres gordas como nas magras, se consumirem alimentos com alto teor de açúcar, gorduras, sal, cafeína e álcool, são factores agravantes da celulite.

Metabólicos: As disfunções hepáticas e a prisão de ventre são também factores que desencadeiam a Celulite, já que as funções do fígado e dos intestinos são de neutralizar as substâncias tóxicas.

Psicológicos: A Celulite atinge mais frequentemente as mulheres instáveis com stresse e aquelas que sofrem de insónias.

Mecânicos: O sedentarismo favorece a má circulação e agrava a chamada "Pele casca de laranja". Outras causas como o abuso de estimulantes (chá, café e o tabaco) são responsáveis pela acumulação de toxinas e outras substâncias nocivas ao organismo.

Como prevenir:

1 - Melhorar determinados hábitos de vida, como uma dieta saudável e equilibrada, beber muita água, fazer exercício e, sobretudo, muita persistência e força de vontade.

2 - Dieta anticelulítica por excelência é aquela rica em verduras e hortaliças, legumes, carnes brancas e pouco gordas, peixe e água (muita água para ajudar a eliminar as toxinas e favorecer a hidratação das células).

3 - Evitar os alimentos ricos em gorduras animais, o açúcar, o excesso de sal, o álcool, o café e o chá.

4 - Evitar o mais possível o aumento de peso e obesidade.

5 - Mastigar bem e comer com calma, para que o processo digestivo se desenrole com absoluta normalidade.

6 - Praticar algum tipo de desporto, sendo o mais recomendável a ginástica ou a natação, porque exercita todos os músculos do corpo. A prática de um exercício físico contínuo, para além de combater eficazmente a celulite, traz numerosos benefícios ao nosso organismo.

Centella Asiática

Planta originária de regiões quentes da Índia, Paquistão, China, Austrália, Madagáscar, contém como princípios activos triterpenos, (asiaticosidos e ácido asiático) que ajuda a aumentar a oxigenação e a actividade circulatória ao nível do tecido conjuntivo. Ela actua na biossíntese do colagéneo, ao nível dos fibroblastos normalizando a produção de fibras colagénicas, eliminando a fibrose responsável pelo armazenamento de água e acumulação de gorduras "rouba água das células gordas".

A Centelha Asiática restabelece as trocas metabólicas entre o tecido conjuntivo e a corrente sanguínea, permitindo não haver acumulação de toxinas, água e gorduras.

A Centella Asiática diminui e combate a celulite, produzindo também uma acção anti-inflamatória, evitando assim o edema, a dor e o rubor. Mantém a consistência ao nível dos tecidos, eliminando os nódulos celulíticos "Pele casca de laranja".

A Centella Asiática da Calendula é um suplemento nutricional indicado para:
- Celulite;
- Pele flácida;
- Excesso de peso;
- Pele efeito "casca laranja".

Acções:
- Beneficia a micro circulação;
- Melhora o aspecto geral da pele;
- Induz a produção de colagénio.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Felicidade






Agente pra ser feliz não precisa muito, pode ser com o que temos e com somos.
A criança antes de tudo, quando começa a falar, diz meu.. a felicidade plena não existe, são apenas momentos, mas podemos ser feliz como somos, mesmo com problemas, pouco dinheiro, porque ela deve estar dentro de nós mesmo..
bjs a todos.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Reflexão

Assim eu vejo a vida (Cora Coralina)

A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo
Aprendi a viver.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Decoração legal






Vamos colorir um pouco. Na área jurídica é tudo muito cinza, pois lidamos com problemas, então nada melhor que colorir...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Cortinados






Olá,

Sou simples

Mas sofisticada por natureza.

Vejo o modesto

Escondido nos requintes

Extrapolando a beleza

Dos ornatos.

Uma forma de ver e ser

Sem a superfluidade aparatosa.

Não perdendo a perfeição

Meticulosa de cada olhar.

Recuso a disparidade

De uma simplicidade tola

Tomada como se fosse magistral.

Quero uma vida sustentada

Em sua maturidade

Totalmente desprovida

Do que é superficial.

Comandando isso que tenho

Por credulidade...imaterial.

sábado, 13 de novembro de 2010

Cabelos pra festa.





Recadinho

Fico feliz pela sua visita, mas gostaria de conhecer mais pessoas..Se ainda não é seguidor.Basta se cadastrar com qualquer login, especialmente do google (gmail, por exemplo), yahoo ou twitter. com foto ou sem.
Deixe seu comentário...
Aproveite para me convidar a seguir seu blog também se voce tem um... gosto de conhecer amigos novos . Obrigada por estar por aqui!
bjo a todos meus leitores...

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Olá...

Oi minhas, meus, leitores..
Não sumi não, apena estou me recuperando..
mas logo estarei de volta com novidades..
bjs a todos

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Cecília Meireles

Primavera

Cecília Meireles


A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.

Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores.

Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.

Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.

Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.

Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.

Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra. Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.


Texto extraído do livro "Cecília Meireles - Obra em Prosa - Volume 1", Editora Nova Fronteira - Rio de Janeiro, 1998, pág. 366.

Closed






Nada como ter o espaço de suas roupas bem organizado..

PRIMAVERA







A primavera é uma das quatro estações do ano.Inicia em 23 de setembro e termina no dia 21 de dezembro.

É uma época em que ocorre o florescimento de várias espécies de plantas. Portanto, é um período em que a natureza fica bela, presenteando o ser humano com flores coloridas e perfumadas. A função deste florescimento é o início da época de reprodução de muitas espécies de árvores e plantas.

Quanto a astronomia, a primavera ocorre no equinócio de setembro (momento do ano em que o dia e a noite possuem a mesma duração, 12 horas cada).

Já com relação a mudanças climáticas, é um período em que as temperaturas vão, aos poucos, aumentando. O mesmo ocorre com as águas do mar. As temperaturas, em grande parte dos países do hemisfério sul, ficam amenas.

Flores que se destacam na primavera: rosa, girassol, margaridinha, orquídea, jasmim, hortênsia, helicônia, alamanda, clívia, gérbera, hibisco, gazânia, jasmim-estrela, lágrima-de-cristo, boca-de-leão, crisântemo, frésia, estefânia, narciso, violeta, dedaleira, dama-da-noite.

Postando idéias

Muito obrigada pela visita! bj a todos...Voltem sempre!

Estou no Google